Trabalhadores de TI pedem reajuste salarial de 10% neste ano

Com data-base para reajuste salarial da categoria em 1º janeiro, a negociação salarial da categoria de TI de São Paulo começa após a próxima quarta-feira, 15, quando o Seprosp – sindicato patronal de TI de São Paulo – se reúne para discutir a pauta entregue pelo Sindicato dos Trabalhadores em Tecnologia da Informação do Estado de São Paulo (Sindpd) no fim de 2013.

Para este ano, os trabalhadores reivindicam reajuste salarial de 10%, que representa aumento real (acima da inflação acumulada do ano) de cerca de 4%, e a ampliação da obrigatoriedade de benefícios como a participação nos lucros e resultados (PLR) e o vale refeição (VR) a todas as empresas.

“O setor de TI continua crescendo mais de 10% ao ano e o Brasil receberá eventos que exigirão muito da área de tecnologia e a escassez de mão de obra precisa ser combatida. Precisamos, mais do que nunca, valorizar o trabalhador de TI, aumentando seus salários e ampliando seus direitos, e atrair novos profissionais ao setor”, afirma o presidente do Sindpd, Antonio Neto.

Outra questão importante que entra novamente em discussão é a cláusula que pretende instituir às companhias o investimento na especialização de seus funcionários. “Levamos esse debate à mesa de negociação pela primeira vez em 2013 e este ano iremos discutir de novo. O custo da qualificação do profissional de TI é altíssimo e apenas o trabalhador vem arcando com isso. Queremos que as empresas contribuam para a capacitação de seus funcionários, o que trará benefícios a ambos”, completa Neto.

Deixe uma resposta