Brasil figura entre os dez países com maior taxa de acessos a sites de varejo

O Brasil está entre os dez países (9º) com maior taxa de acessos a sites de e-commerce, segundo um estudo divulgado pela comScore, especializada pesquisas de mercado. De acordo com o relatório, elaborado a partir do serviço comScore Media Metrix, 83,4% de todos os internautas brasileiros visitaram ao menos um site de varejo em setembro.

Os Estados Unidos lideram neste aspecto, com 91,6% de todos os internautas visitando lojas on-line. Outros países que também apresentam altos índices de acessos são o Reino Unido (89,4%); Holanda (88,4%) e Alemanha (88%). Último país a integrar o ranking, a Espanha apresenta taxas semelhantes às do Brasil, com 82% dos internautas visitando uma loja de comércio eletrônico em setembro, e uma média de 57,5 minutos por visita.

O relatório também aponta o Mercado Livre como o destino mais buscado pelos brasileiros, com quase 25 milhões de visitantes no mês de outubro. A quantidade representa quase a metade do total de compradores on-line no país. Na sequência da lista figuram Americanas.com, com 15,1 milhões de visitantes; Buscapé, com 13.8 milhões; Netshoes, com 12.5 milhões; e Walmart, com 10,9 milhões. Outros estabelecimentos que também constam na lista da comScore incluem Submarino, Ponto Frio, Uol Shopping e Dafiti.

O Mercado livre também apresentou o maior tempo médio por visita, 31,1 minutos, bem à frente dos próximos sites da lista: Americanas, com 11,1; Netshoes, 10,8; e Casas Bahia, com 9,5.

Deixe uma resposta