Ataque hacker à varejista americana Target expõe dados de mais de 70 milhões de clientes

A verejista americana Target informou nesta sexta-feira, 10, que o total de clientes afetados pela invasão de seu banco de dados por hackers no fim do ano passado passou dos 70 milhões e não 40 milhões, como até então acreditava-se. A informação é do The Wall Street Journal.

Entre 27 de novembro e 15 de dezembro, os clientes da rede de lojas tiveram dados dos cartões de crédito e de débito vazados, bem como de identificação pessoal (PINs), por meio de um software malicioso instalado nas caixas registradoras. No caso da nova leva de usuários, as informações roubadas já não foram tão comprometedoras, e envolveram nomes, endereços, e-mails e telefones.

No entanto, a varejista não forneceu qualquer estimativa de custos relacionados com a violação, o que poderia incluir reembolsos para redes de cartões, para cobrir a fraude, e custos de emissão de novos cartões, ações judiciais e custos legais associados com as várias investigações. Em comunicado, a Target declara que oferecerá um ano de monitoramento de crédito gratuito aos clientes. O número de pessoas que passam pelas lojas da varejista chega a 30 milhões por semana.

Os responsáveis pelo ataque hacker ainda não foram identificados e a investigação prossegue, ainda de acordo com a empresa.

Deixe uma resposta